delator
Eu te amo pra caramba sabia? E não é um “eu te amo” tipo “oi”, é um “eu te amo” tipo “você é único pra mim”. Eu te amo muito. Sabe o “muito”? Não é só pra dar enfase, é um “muito” tipo “por favor, não saia da minha vida”. E quando eu te respondo com um “eu te amo mais” não é pra ser fofa, é porque quero me casar com você. E quando eu coloco o “muito” no meio, quero dizer que eu te quero pra minha vida toda. Entendeu?
Ei, eu te amo (via delator)
delator
Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.
Caio Fernando Abreu.   (via delator)
conjulgares
Só você sabe pelo que passa, apenas você sabe o que sente. As pessoas vão te julgar, claro que vão; vão querer opinar, obvio; vão querer ter toda a razão, mas, sabe? Apenas você sabe o que deve fazer, apenas você sabe o que sentir, apenas você sabe o que passou, o que vai passar, e tudo que vai enfrentar; então, se acha que vale a pena, faça, sinta, passe por tudo e por todos, e enfrente, porquê ninguém sabe mais sobre nós do que a gente.
Encarnando.   (via conjulgares)